Quem vai nos salvar?

Publicado em 10 de fevereiro de 2017
Quem vai nos salvar? Foto: fotosdahora.com.br

O momento que vivemos requer uma análise muito profunda. Presenciamos momentos que podem nos colocar em dúvidas em muitas áreas. Na política, vemos corruptos sendo presos, milionários sendo detidos, delações, cassações e até mesmo políticos envolvidos em corrupção chefiando equipes que vão investigar a corrupção na própria política. Mas na política, isso não é novidade...

Agora vivemos uma crise na segurança pública, onde a situação também é delicada. A começar pelas rebeliões que aconteceram nos presídios de Rio Grande do Norte, vemos agora o caos tomando conta do Espírito Santo. A Polícia Militar sem trabalhar, familiares e amigos protestando na portas dos quartéis, descaso das autoridades e, por mais paradoxal e surreal que pareça a situação, a população nas ruas do estado capixaba saqueando lojas sem o menor pudor, quebrando vidraças, roubando, trocando tiros pelas ruas e promovendo o terror, a ponto de famílias sendo obrigadas a ficar presas em suas próprias casas.

Tudo bem, o Exército está chegando para tentar ajeitar a casa. Nesse caso, quem é a polícia e quem é o ladrão? Quem está certo e quem está errado?

O problema tende a piorar e se espalhar para outros estados. Os boatos se espalham como rastilho de pólvora, principalmente nas redes sociais. O que é verdade e o que mentira?

No Rio de Janeiro, a polícia também vai parar? Melhor... quem está no comando do Rio de Janeiro? É o Vermelho? É o governador ? Mas ele não foi cassado também ? Podemos andar tranquilamente pela cidade? É tudo boato ou não? Já escutei muita gente falando da PM, que os policiais são corruptos, que não servem para nada e coisas do tipo. Agora reclamam que essa mesma corporação parou e que não temos proteção.

Temos muitos amigos policiais militares e convivemos com as agruras que eles estão passando. Falta de condições de trabalho, falta de estrutura, falta de reconhecimento, falta de armamento, falta de colete, falta de viatura e falta de vergonha na cara do governo que não reconhece as dificuldades que eles estão passando. Uma pistola do policial militar contra um fuzil do traficante que defende seu território.... Só Deus e as orações de seus familiares mesmo...

Não somos extremistas e nem estamos aqui para acusar ou defender, até mesmo porque precisamos entender o que está acontecendo para começar a ter um posicionamento. Será que as Forças Armadas vão às ruas? Será a volta do militarismo no poder? Será a ditadura?

Meu Deus, não sei mais o que pensar. Estamos às vésperas do Carnaval e não temos dinheiro, não temos polícia, não temos segurança, não temos a menor ideia de onde vamos parar.

A única certeza que nós temos aqui no Jornal é de que o tempo está passando, o trabalho está aumentando e que a esperança... essa sim... é a última que morre. Será? Mas quem irá nos salvar? Os heróis da Marvel, da DC ou o Chapolin Colorado?



Comentários