Esporte e Saúde de Campos discutem parcerias para melhor atendimento à população

Publicado em 11 de Agosto de 2017
Esporte e Saúde de Campos discutem parcerias para melhor atendimento à população Foto: Divulgação O que fazer quando o mundo vira de cabeça para baixo Fonte: Divulgação

O presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Raphael Thuin recebeu a subsecretaria de Atenção Básica da secretaria municipal de Saúde, Cintia Ferrini e equipe técnica, para tratar de estratégias para melhor atender os campistas. Durante o encontro, na terça-feira (8), foram firmadas parcerias para instalação de um posto do Programa Bolsa Família, na Vila Olímpica de Travessão; atividades esportivas na Academia da Saúde, na Pecuária e a criação do Centro de Reabilitação Física nas cinco Vilas Olímpicas e na sede da fundação.

Bolsa Família – Na Vila Olímpica Ederval Venâncio, em Travessão, a proposta é utilizar, uma vez por semana, uma das salas da Vila, para o trabalho de pesagem de crianças atendidas no Bolsa Família. O Programa tem cadastrado no distrito 1,5 mil beneficiários, o que representa cerca de 3 mil pessoas. O trabalho está previsto para começar em 20 dias. “Essa parceria facilitar a vida das famílias e melhorar a qualidade do atendimento oferecido”, destacou Thuin.

Academia da Saúde - Cintia Ferrini colocou à disposição da Fundação de Esporte, a Academia da Saúde Jamil Haddad, que funciona no bairro da Pecuária, próximo à Igreja Santa Terezinha, para desenvolver atividades esportivas para os pacientes que são atendidos no bairro.

— Temos um espaço com equipamentos de ginástica e professores capacitados na Academia da Saúde, no entanto, percebemos que podíamos aumentar a capacidade de atendimento. E para isso, estamos aqui, para buscar parceria e somar forças que venham resultar numa política de qualidade para a população conforme a determinação do prefeito Rafael Diniz — disse a subsecretária.

Para Raphael Thuin, o esporte deve andar sempre junto à Educação e Saúde, como ferramenta de inclusão e de transformação na vida das pessoas.

— Esta parceria será muito importante para os nossos cidadãos. Vamos unir nossos esforços e expertises para incentivar a prática esportiva, não só como um bem-estar físico, mas também como ação preventiva a doenças — disse Thuin.

A Academia da Saúde é um Programa do Governo Federal, que foi implantado em 2011. A atuação conjunta das áreas de vigilância e atenção à saúde no SUS tem levado ao fortalecimento do Programa, com a finalidade de promover práticas corporais e atividade física, alimentação saudável, modos saudáveis de vida, produção do cuidado, entre outros, por meio de ações culturalmente inseridas e adaptadas aos territórios locais.

Centro de Reabilitação Física – Outra proposta defendida pela subsecretaria de Atenção Básica e abraçada pelo presidente da FME foi a implantação de centros de Reabilitação nas cinco Vilas Olímpicas e na sede da Fundação, que passaria a ser uma referência para a população que busca melhorar a qualidade de vida. A união dos dois órgãos permitirá a Fundação contar com cinco fisioterapeutas no interior das Vilas, que além de atender a população, encaminhada pela rede de saúde, também os atletas.

Paraesporte - Cintia Ferrini se disponibilizou a montar um atendimento diferenciado para atender as pessoas com deficiências assistidas pelo projeto Paraesporte, promovendo a avaliação médica especializada de acordo com o quadro de cada paciente.




Comentários