[ ESTÉTICA ] Por Lucineide Pagano

A importância da Drenagem Linfática na gestação

Publicado em 18 de março de 2016f
A importância da Drenagem Linfática na gestação

A importância da Drenagem Linfática na gestação A gravidez é um momento novo para a mulher, onde há descoberta de consciência corporal e mudanças hormonais que atingem o corpo e a mente. Mas durante a gestação há um aumento na produção hormonal, responsável por várias modificações estruturais e musculares. Alguns dos hormônios essenciais na gravidez são responsáveis pela tendência de reabsorver sódio, e isso causa a retenção hídrica.

Nessa fase, é preciso comer bem, fazer atividades físicas e mudar alguns hábitos.

Além disso, é necessário também cuidar do corpo e da beleza. Afinal, estamos falando de mudanças na barriga, cintura, pernas, peso, que mexem com a autoestima de qualquer mulher. A boa notícia é que existem tratamentos estéticos permitidíssimos – e para alguns médicos, quase que obrigatórios – na gestação. A drenagem linfática é um deles.

Essa combinação entre drenagem linfática e gestação não poderia ser mais perfeita: ajuda a relaxar, alivia inchaços típicos da gravidez, reduz o acúmulo de retenção liquida, estimula a lactação e prepara as mamas para a amamentação, previne e combate varizes, celulite e estrias.

Para alcançar os efeitos desejados é fundamental que o procedimento seja executado somente por profissionais especializados. “Se a drenagem linfática for realizada de maneira inadequada, poderá comprometer a circulação, causar hematomas, dores intensas, eritema (vermelhidão), deslocamentos de trombos, microvarizes, além de piorar a celulite.

É fundamental que a gestante passe por uma avaliação médica antes de iniciar o tratamento, até para que seja feita a indicação correta da drenagem linfática. As sessões podem ser iniciadas a partir do terceiro mês, cerca de duas vezes por semana. Em casos de edemas exacerbados, a gestante poderá fazer até três sessões semanais, desde que tenha autorização do médico responsável.

Os benefícios da Drenagem Linfática para a gestante

- A drenagem estimula a circulação. Isso reduz a retenção de líquidos e acaba diminuindo o inchaço das futuras mamães;
- Proporciona um relaxamento, aliviando o estresse, a sensação de cansaço e dores musculares;
- Reduz celulite;
- Previne e combate varizes e sensação de pernas cansadas;
- Ajuda na criação de uma nova consciência corporal. Por isso, deve ser feita até depois do parto, época em que será necessária, novamente, a criação de nova consciência corporal.

De todos os benefícios já citados para as gestantes, um, em especial, merece destaque: com as constantes sessões, as grávidas passam a se conhecer mais e aceitam melhor a nova identidade corporal. Desta forma, a mulher passa a ter aumento do bem-estar emocional, fortalecendo ainda mais o vínculo mãe-bebê.



Comentários

Foto de Lucineide Pagano

Lucineide Pagano

coluna@jornalpress.com.br
Lucineide é uma esteticista que não para de estudar em busca de novos métodos para deixar as pessoas mais bonitas e de bem com seu corpo. Sua preocupação é com o bem-estar de cada um.

Compartilhe...