Blog da Brigitte

PAIXÃO

Publicado em 11 agosto de 2017
PAIXÃO Foto: Divulgação PAIXÃO Foto: Divulgação

Gostaria de deixar claro que hoje vou falar de paixão. Não de uma paixão qualquer, mas sim da minha paixão pela vida, pelos amigos, pelo amor, pelo sexo e, principalmente por pizza. Decide falar sobre esse tema depois de ouvir uma amiga falar que seu sonho era ser Paquita quando criança. Algumas pessoas podem entender que isso não faz algum sentido com o tema proposto, mas acho que as paixões podem começar com sonhos, como dessa minha amiga.

Minha paixão hoje em dia é a minha profissão, embora eu reconheça que, na grande maioria das vezes é uma profissão mal valorizada. Mas isso não vem ao caso. Sou apaixonada pelo que faço, pelas crônicas que escrevo, pelos roteiros que desenvolvo, pelos projetos que crio, pelas fotos que tiro, pelas notas que posto nas redes sociais, por cada entrevista realizada, enfim, por tudo relativo ao meu trabalho.

Sou apaixonada pelos meus amigos, pelos inimigos, por minhas lembranças, meus ex-namorados (principalmente um que sempre cantava a música “Gatinha Manhosa” no meu ouvido quando queria alguma a mais comigo), pelos beijos molhados que dei, pelos amassos na varanda, pelos abraços aconchegantes e pelas escapulidas na hora do trabalho para ganhar um simples carinho.

Não poderia deixar de citar aqui que sou apaixonada também pelos meus livros, filmes, CDs, coleções de papel de carta, fotografias, camisas do Flamengo, perfumes franceses, cremes importados, crônicas e óculos de sol, vestidos longos, camisetas regatas e minhas calcinhas comestíveis,

Outra grande paixão da minha vida é a comida, principalmente pizza. Pode ser muçarela, presunto, peperone, calabresa, aliche, maragarita, romeu e julieta, catupiry, frango, bacon, palmito ou qualquer outro sabor. Coxinhas, cachorro-quente, quibes, pão de queijo, pipoca, hambúrguer, cheeseburguer, x-tudo e tudo mais que eu tenho direito. Quanto o assunto é doce, me limito a mousse de maracujá ou a delícias de abacaxi, além de sorvete, que, claro, que está acima do bem e do mal. Meus queridos e queridas, posso me dedicar a essas paixões porque o meu biótipo e corpo perfeito permitem essas extravagâncias.

Gostaria de deixar claro que a paixão faz parte de mim, do meu jeito, da minha personalidade e da minha alma. Não resisto as paixões, mas elas precisam ser verdadeiras e não passageiras porque me entrego de corpo e alma.

Paixão precisa ter sabor, cor, gosto, volume, volúpia, textura e nome. Nesse exato momento ela responde por creme de abacate, batido com sorvete de creme e leite condensado. Vou parar por aqui porque ouvi minha paixão me chamar e eu preciso ir ao encontro dela.

Me diga você agora, qual é a sua paixão?


Comentários

Brigitte Belmont

brigitte@jornalpress.com.br
Brigitte Belmont é jornalista, publicitária, relações pública, fotógrafa, colunista, redatora, revisora, radialista, apresentadora, produtora, modelo, atriz, diretora, escritora, web designer, pintora, artesã, atleta, maravilhosa, esplendorosa, magnífica, inteligente, poderosa, modesta e mulher presente nas mais variadas e distintas situações para mostrar que a cidade não para e está sempre em movimento.

Compartilhe...